12 de janeiro de 2010

Entrevista - 7ª Edição

Demorou mais eu voltei, e a entrevista desta sétima edição é Mariana Amorim do blog "Amores, Suspiros e Divagações" criado no dia 31/05/09,  é um blog de extremo bom gosto e com contos de tirar o folêgo seja pelo mistério, seja pela descrição impecável que nos transporta para dentro da história. Apesar de considerado um blog novo já conquistou muitos leitores, destaque em projetos o blog transmite o sentimento da escritora, na voracidade das palavras percebemos um senso humano, um gosto por temas que refletem os mais diversos sentimentos humanos. Vamos a entrevista:

1- De onde surgiu a idéia de criar um blog?
M: Desde pequena sempre gostei de escrever. Um dia navegando pela internet encontrei um blog com textos interessantíssimos, achei incrível não só o fato da profundidade da leitura, mas a forma que o blogueiro interagia com os leitores. Então decidi que criar um blog seria a melhor maneira para eu expor minhas idéias.

2- Como foi à escolha do nome?
M: Ah foi bem engraçado. Tive milhares de idéias e perguntei para uma amiga, o que achava do nome Amores, Suspiros e Divagações. Ela respondeu que parecia nome de novela mexicana daqueles que se ouve, acha estranho e depois fica na cabeça relembrando igual chiclete. Rs...

3- Qual assunto você mais gosta de escrever?
M: Gosto de escrever sobre o amor nas mais diversas formas. Amar é um sentimento tão puro que sempre me traz a sensação de leveza na alma.  Amar é tão bom... Como sou uma eterna apaixonada meu coração é sempre a minha maior fonte de inspiração.

4- Qual o seu post que você mais gosta?
M: Gosto do Jardim secreto que escrevi para um dos projetos. Nele falo da fé vista pelos olhos de uma criança que brinca em um jardim secreto com o pai. Como é um tema polêmico consegui demonstrá-lo com a inocência e a doçura da criança  sem desrespeitar e causar constrangimento as outras religiões.

5- Qual o post que ficou mais popular em seu blog?
M: O conto sedução. É paixão a flor-da-pele. Rs...  Ao escrever quis ser audaciosa e mostrar o amor de forma envolvente e sagaz. É uma história apaixonante, cheia de mistérios e declarações arrebatadoras.  Acho que se tornou popular por que todo mundo tem ou já teve uma paixão arrebatadora na vida daquelas de aquecer o coração e acalentar a alma.

 6- Qual a pior gafe no mundo dos blogs?
M: Comentários com spam ou divulgação de outros blogs que não tem afinidade alguma com a postagem. Acho uma tremenda  falta de respeito.

7- Em sua opinião banalizaram o ‘ter um blog’?
M: Sim. Às vezes recebo comentários do tipo: “Oi, tudo bem? Passei para te avisar que acabei de postar e que os 20 primeiros a comentar, ganharam selo”. Quando isso acontece, eu nem me disponho a retribuir a visita. Comento por que sinto prazer em fazê-lo, gosto de ler e visitar blogs que despertem atenção pelo conteúdo, profundidade  e carisma e não simplesmente porque irei ganhar um prêmio por isso.

8- Autor de livros e obra admirável em sua opinião?
M: Amo Machado de Assis e li todas as obras e não me canso de relê-las. Quanto a obra admirável gosto de Admirável Mundo Novo de Aldous Hurlexy. Li porque precisei fazer um trabalho e me apaixonei. Já li quatro vezes e sempre recomendo, é maravilhoso porque desperta o senso crítico e nos faz pensar a cerca do e a sociedade em que vivemos.

9- E o tipo de texto que prefere: dissertação, narração ou descrição, contos, crônicas, etc.?
M: Prefiro os descritivos. Gosto de sentir o coração acelerado quando leio um texto e quase posso tocar as  palavras.

10- Porque é tão difícil para os jovens escrever sobre temas sérios?
M: Por que a juventude acostumou-se com a mesmice. A cultura tem um fator preponderante no desenvolvimento dos jovens. Acredito que essa falta de interesse por outras fontes não desperta o senso crítico para escrever sobre temas sérios.

11- Pessoa o qual admira? Como pessoa, ou especificamente. Por quê?
M: A Gabriela Andrade do Maybe later on. Tenho um orgulho e um carinho enorme de dizer que ela é minha amiga pela sua simplicidade. Conhecemos-nos assim que comecei meu blog ela sempre estava por lá, com seus comentários lindos e críticos. Nos comentários ela sempre me chamava de A garota das palavras por que dizia que minhas palavras tocavam-na profundamente. E assim a amizade cresceu e hoje não dividimos apenas textos, mas alegria, tristeza, aprendizado e muitas risadas no MSN. 

12- O que te irrita profundamente, no geral?
M: A falsidade das pessoas.

13- Você está sempre informada da situação atual do nosso país e do mundo?
M: Informo-me na medida do possível. Sempre que posso leio jornais e revistas, não tenho o hábito de ver televisão porque não gosto.  Pode parecer estranho, mas gosto de ouvir a voz do brasil. rs...

14- No seu ponto de vista qual o principal erro dos nossos governantes?
M: Pode parecer clichê, mas como sempre é a corrupção. Infelizmente, a cada gestão há sempre promessas de melhoria, mas que no final não resulta em nada. Décadas se passaram e ainda estamos na política do pão e circo e no voto cabresco. Acredito que enquanto não mudarmos a nossa visão de cidadão como formadores de opinião, nada irá mudar.

15- E qual o principal erro que nos brasileiros cometemos?
M: Ser ufanista em momentos que precisam de responsabilidade. Essa mania de achar que tudo é festa quando a vida nos sacode e nos lembra que é hora de agir. O famoso jeitinho brasileiro...

16- Cotas raciais, sociais ou a extinção do sistema de cotas?
M: Extinção do sistema de cotas. Essa política afirmativa nada mais que um Apartheid digital em que se escolhe um dentre vários pelo critério cor ou condição social. Nada mais desumano do que “coisificar” o caráter humano.

17- Qual a característica você considera fundamental em uma pessoa?
M: Inteligência acima de tudo.

18- Que profissão pretende seguir?
M: Psicologia. Acho um máximo estudar o comportamento humano. È incrível a constituição da personalidade. Vejo-me daqui a alguns anos seguindo a minha carreira com muito amor. *__*

19- Qual seu passatempo preferido na internet? Indique um site.
M: Gosto de assistir filmes online, mas atualmente tem sido o Formspring.me. Me divirto horrores com as respostas e as perguntas.

20- Você se considera uma boa blogueira?
M: Ah não. Estou longe disso, ainda tenho muito que aprender. Estou na blogosfera menos de um ano e não me canso de me surpreender com  os textos que  leio.

21- Existe uma música que inspire sua vida?
M: Sim. Travessia do Milton Nascimento. Essa música marca a caminhada da minha trajetória. Adoro e me traz certa paz de espírito.

22- O melhor filme que você já assistiu, que acompanha sua vida?
M: Pacth Adams – O amor é contagioso. É um daqueles filmes suaves que você se diverte do começo ao fim.

23- Uma pergunta que gostaria de responder?
M: O que é o amor? ... A melhor sensação do mundo. ^^

24- Uma frase?
M: “Porque eu sou do tamanho daquilo que sinto, que vejo e que faço, não do tamanho que os outros me enxergam.”( Carlos Drummond de Andrade)


Rapidinhas:
Fé - individualidade
Razão - equilíbrio
Amor - incondicional
Viver - dádiva
Sonho -  determinação
Paz – estado de espírito
Mudança - crescimento
Impunidade - vergonha
Violência - covardia
Preconceito - Ignorância
Medo – da morte
Futuro – resultado
Hobby - sapateado
Blog - refúgio

Na quinta já teremos mais uma entrevista, até mais. Obrigada a Marie por ter aceito o meu convite.

11 comentários:

Marie disse...

Eu adorei a entrevista. Obrigada pelo convite. Se pudesse falaria mais. hehe Bjs >3

Mel disse...

Linda entrevista, adorei, e o blog da Marie e lindo demais! :)

Vanessa Alves disse...

Adorei a entrevista.
Vocês sabem o que perguntar, e ela sabe como responder, e faz isso muito beem (y).
"Pode parecer estranho, mas gosto de ouvir a voz do brasil. rs..."
Rsrsrsrs, gostei '
abraços

- gabs, disse...

Simplesmente nos impressionamos vendo o autor de textos maravilhosos neste outro contexto.
Eu qero seguir psicologia tb, e não sabia que seu hobby era sapateado. Adoraria fazer ballet, só me falta tempo :(

Jééh disse...

mandou super bem mari, amei a entrevista ^^

Chris disse...

O que posso dizer dessa intrevista?
A Marie é mara!!!

Niseloka disse...

Eu curti muito a entrevista, Até Por que conheço o blog.Interessante saber do blogueiro a visão dele sobre vários temas.

Baaah disse...

Adorei a entrevista,e conheci seu blog por acaso pelo Blorkutando.
E eu adorei essa idéia das entrevistas é muito bom saber um pouco mais do que vem por trás das obras, o que vem dos prórpios 'artistas'.
hehe
=))

Parabéns pelo blog e pelo sucesso das entrevistas.=D

Beijos!
=**

Erica Ferro disse...

Adorei, Mari!
Você é linda! *-*

Beijo.

Ang disse...

É pra babar com essa entrevista, ela é super inteligente e cheia de cultura... Adorei

Ana Seerig disse...

Ótimo!
Depois disso, ainda tem como não admirar essa guria?